Flamengo luta, mas Phoenix Suns vence duelo nos EUA







O duelo da madrugada desta quinta-feira entre Flamengo e Phoenix Suns pode ser conquistado histórico. A primeira equipe brasileira a enfrentar os americanos fora de casa não fez feio. Lutou, venceu dois quartos no jogo, mas perdeu em apagões na segunda e última parciais, por 100 a 88, no US Airways Center, em Arizona (EUA).

O destaque da partida foi Isaiah Thomas, com 18 pontos, seguido por Eric Bledsoe (15) e Gerald Green (13). Do lado do Flamengo, o melhor foi Laprovittola, com 13 pontos e 12 assistências, seguido por Marcelinho Machado (16), Meyinsse (15) e Herrmann (12).

Agora, os brasileiros terão mais duas chances para cravar seu nome na história do basquete brasileiro, enfrentando as equipes do Orlando Magic (15 de outubro) e do Memphis Grizlies (17 de outubro). Quem sabe o Flamengo não se torna o primeiro time do Brasil a bater um americano?

O Flamengo entrou em quadra com um quinteto que partiu em busca de fazer história: Laprovittola, Marcelo Machado, Marquinhos, Herrmann e Meyinsse. A partida começou boa para os brasileiros, que marcavam de forma dura e tinham em Herrmann o destaque, tanto defensivo, quanto ofensivo.

Com os americanos sofrendo com a falta de ritmo de quadra, o Flamengo aproveitou para abrir vantagem, chegando a 15 a 8 no placar. Com três minutos para o fim do quarto, o placar mostrava uma igualdade em 19 pontos. Porém, os brasileiros seguiram pressionando e fecharam o primeiro quarto com uma vantagem de 26 a 21.

O Flamengo abriu vantagem no início do segundo quarto, mas o Phoenix Suns passou a apertar sua marcação, jogando com um forte esquema em transição sobre uma falha defesa por zona dos cariocas, com isso, conseguiu encostar no placar e diminuir uma desvantagem de oito para apenas um ponto.

Porém, os americanos seguiram mostrando que afiaram seus arremessos, especialmente com boas atuações de Bledsoe e Goodwin. Com isso, a vitória do Suns no quarto veio de maneira arrasadora, por 33 a 17.

Na volta do intervalo, o Flamengo passou a comandar as ações no jogo. Jogando com uma defesa mais dura e falhando menos nos lances ofensivos, os brasileiros conseguiram reduzir o déficit aberto pelos americanos e voltaram a liderar o jogo, por 64 a 63.

Dessa vantagem em diante, porém, o Suns voltou a pressionar e atuar com sua transição. Mas o Flamengo conseguiu sair vitorioso da parcial, com 23 a 17.

No último quarto, o Suns teve um início forte, abrindo 7 a 0 em boa atuação de Thomas, que cresceu a partir do terceiro quarto. O Flamengo tentou se reencontrar no jogo, mas a vantagem americana seguia entre 12 e 13 pontos.

Porém, o panorama do jogo não se alterou até seu final, com o Flamengo errando no ataque, por culpa de sua ansiosidade, e o Suns aproveitando-se das bobeiras dos brasileiros. Com isso, o jogo atingiu seu fim com vitória do Phoenix Suns, por 100 a 88.

Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!