Mudança no regulamento da Copa Intercontinental de Clubes






 

A poucas horas da disputa da final da Copa Intercontinental de Clubes, a organização do torneio decidiu mudar o regulamento que define o campeão. A partir de agora, uma vitória do Flamengo por três pontos de diferença, por qualquer placar (maior ou menor que o do primeiro jogo - 69 a 66), leva a partida para a prorrogação. Caso os cariocas devolvam os 69 a 66 da última sexta-feira, a decisão do título também sairá no tempo extra. O GloboEsporte.com confirmou o novo critério com a Fiba. A entidade afirmou que uma conversa técnica com as equipes promoveu a mudança de última hora.

Uma vitória do Flamengo por quatro ou mais pontos de diferença dá o título ao Rubro-Negro. Já uma vitória do Maccabi ou uma derrota por um ou dois pontos de diferença dá o título à equipe de Israel.

Flamengo X Maccabi, copa intercontinental de Basquete (Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo)

No modelo original - divulgado pela Federação Internacional (FIBA) na sexta-feira, em caso de uma vitória de cada time nas duas partidas pela mesma diferença de pontos (por exemplo, 100 x 97 e 90 x 93), o campeão seria a equipe que tivesse anotado mais pontos (no exemplo, quem venceu o primeiro). Assim, depois do jogo de sexta-feira, o Flamengo precisaria vencer por três de diferença com placar superior a 69 a 66 para ficar com o título. 

O jogo 2 da final da Copa Intercontinental de clubes será no domingo, novamente na Arena da Barra, às 12h,
Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!