Oscar torce pelo Flamengo no NBB







Oscar Basquete Ilhabela  (Foto: Filipe Rodrigues)

Oscar Schmidt cantou o hino nacional com força, como fazia quando defendia a Seleção de basquete. Em tratamento contra um câncer no cérebro e recém-recuperado de uma arritmia, o ex-jogador de basquete assume que nunca mais terá sua saúde 100%, mas segue utilizando sua energia como uma forma de não se abater.

Durante a homenagem que recebeu em Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, onde o ginásio da cidade recebeu seu nome, o "Mão Santa" brincou, conversou e posou para fotos com todos que lhe pediram. "Muito trabalho", segundo ele, é o segredo para não ficar limitado.

– 100% não vou ficar nunca mais. Mas estou ótimo. Trabalhando muito e dando palestras. Isso é o que importa. Quando você deixa de trabalhar, o destino para a cova é rápido – disse.

Principal jogador da história do basquete brasileiro e integrante do hall da fama, Oscar também acompanha os playoffs do Novo Basquete Brasil (NBB). Para ele, o Flamengo, atual campeão, é o favorito. Principalmente após a eliminação de Pinheiros.

Oscar Schmidt Basquete Ilhabela (Foto: Filipe Rodrigues)

– Gosto muito do Pinheiros e do Flamengo. Mas estou muito mal de visão (já que Pinheiros foi eliminado por Mogi). Como o Pinheiros já saiu, vou ficar com o Flamengo – afirmou.

Melhor equipe da primeira fase do NBB, o Flamengo estreou com derrota nas quartas de final da Liga, no último sábado, contra o Bauru, por 74 a 70, no ginásio do Tijuca. No segundo jogo da série, o Fla se impôs e venceu por 86 a 69.
Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!