Flamengo bate Paulistano e fatura 3º título do NBB






http://s2.glbimg.com/6xZ3huIbVWSgb39pLp4VKthKzBE=/84x0:1475x948/690x470/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2013/11/09/bas_olivinha_flamengo_div_95.jpg

Jogando em casa, o Flamengo venceu pela terceira vez (a segunda consecutiva) o título Novo Basquete Brasil, depois de derrotar o Paulistano na manhã deste sábado, na Arena da Barra, por 78 a 73. O time de José Neto soube controlar mais os nervos e ganhou o título do NBB em sua quarta decisão de campeonato em seis edições. Comandados pelo talentoso armador argentino Laprovittola, o time rubro-negro teve ainda na força do americano Meyinsse no ataque a mão sempre certeira do veterano Marcelinho Machado para ficar com a vitória.

Os dois times entraram em quadra com os nervos à flor da pele. Tanto que a primeira cesta, um lance livre de Olivinha, do Flamengo, levou quase dois minutos para ser feita. Dominando os rebotes, o Flamengo jogou como quis no primeiro quarto e chegou a abrir 11 pontos de vantagem contra o adversário. O técnico do Paulistano, Gustavo de Conti parou o jogo e reclamou que seu time estava perdendo rebotes ofensivos e defensivos, como se fosse mais fraco que o adversário.

Se o Flamengo venceu o primeiro quarto por 22 a 17, o Paulistano parece ter entendido o recado do seu técnico. O time carioca, atual campeão das Américas, passou a falhar demais no ataque, principalmente nos arremessos de longa distância. Pouco a pouco o Paulistano foi acertando a marcação e calibrando a mão até terminar o primeiro tempo vencendo o jogo por dois pontos (40 a 38).

O tempo foi passando no terceiro quarto e os ânimos se exaltando. Com o placar bastante igualado - as duas equipes se revezavam na liderança -, e as duas equipes abusando das faltas individuais, os técnicos José Neto e Gustavinho precisaram usar e bastante seus reservas para tentar a vantagem que poderia levar ao título. Curiosamente, o Flamengo terminou o quarto na liderança com o mesmo placar do primeiro (22 a 17) com 60 a 57 no marcador. No último quarto o time carioca soube controlar a partida e chegar ao resultado que lhe deu o terceiro título do NBB (o segundo consecutivo)

Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!