Marcelinho faz a diferença e ultrapassa 8 mil pontos







Marcelinho, Flamengo Basquete (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

A camisa comemorativa aos 8 mil pontos do ala Marcelinho estava pronta para ser entregue ao camisa 4 após uma esperada vitória diante do Bauru, no sábado, na primeira partida das quartas de final do NBB. Como ela não veio e o capitão rubro-negro ficou devendo apenas uma cesta para alcançar a marca, a diretoria do Flamengo foi obrigada a mudar seus planos. A dois pontos do recorde, era praticamente impossível que o principal jogador do atual campeão não entrasse para a história do clube da Gávea nesta segunda-feira. Só que Marcelinho fez muito mais do que o necessário. Depois de passar em branco no primeiro período, o capitão rubro-negro foi o cestinha do duelo, anotou 31 pontos, 21 só em bolas de três, sua especialidade, e comandou a vitória do Flamengo sobre o time paulista por 86 a 69 (49 a 32), no Ginásio do Tijuca, que contou com as ilustres presenças do jogador Alecsandro e das campeãs da Superliga Fofão, Régis e Juciely.

 - Conquistar uma marca como essa com a camisa do Flamengo me deixa muito feliz e orgulhoso. Mas, eu sempre digo que o mais importante é que ela veio coroada de grandes vitórias e conquistas importantes - disse Marcelinho, que recebeu o abraço do goleador Alecsandro após a partida.

Marcelinho, Flamengo Basquete (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Com o resultado, o Flamengo se recuperou do revés e deixou a série melhor de cinco partidas empatada em 1 a 1. Do lado de Bauru, Murilo foi o cestinha com 14 pontos. As duas equipes só voltam a se enfrentar no próximo sábado, às 16h, no Ginásio Panela de Pressão, no interior paulista.  Ao final do duelo desta segunda-feira, Alecsandro, que se arriscou nos lances livres no intervalo do jogo, disse que torce muito por Marcelinho.

- Ele merece pois é um grande jogador, um craque e desejo que ele consiga chegar ao nove, dez mil pontos. Com a qualidade que ele tem, certamente vai alcançar muito mais com a camisa do Flamengo - frisou Alecsandro.

O jogo


Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!