Flamengo vence Limeira pelo NBB em casa






Basquete NBB - Flamengo x Limeira (Foto: Marco Aurélio/Fla Imagem)

O cenário era todo a favor do Flamengo: quatro vitórias consecutivas no NBB, adversário desfalcado de dois de seus mais experientes atletas (Hélio e Bruno Fiorotto) e torcida a favor, mas nem mesmo tudo isso foi o suficiente para o Rubro-Negro ter vida tranquila diante de um brioso time de Limeira, que mesmo perdendo por 15 pontos na metade do terceiro quarto, reagiu e chegou a diminuir a desvantagem para quatro no último período. Porém, o melhor elenco e preparo físico dos comandados pelo técnico José Neto foram preponderantes para a vitória por 81 a 71 (38 a 29). O resultado deixou os cariocas a uma vitória da classificação antecipada entre os quatro primeiros da competição.

- A gente foi muito inconsistente, o que é comum em qualquer equipe, mas que estamos brigando para não sermos. Isso nos deixa preocupados. Porém, quando isso acontece é bom para saber que temos um elenco - opinou o técnico José Neto.

Com 20 pontos, David Jackson foi o cestinha do embate, acompanhado de perto por Matheus Dalla, com 19. Marquinhos, com 18 pontos e sete rebotes foi o maior pontuador do Flamengo. Jerome Meyinsse, com 15 pontos e nove rebotes também teve atuação destacada.

Matheus Dalla e Marcelinho basquete Flamengo x Limeira  (Foto: Fábio Leme)

Mais ajustado em quadra, com uma defesa forte e um ataque que trabalhava bem a posse de bola, o Flamengo logo abriu 7 a 0. Olivinha com cinco rebotes foi o destaque na defesa, enquanto Marcelinho brilhava no ataque, com seus oito pontos, sendo seis em bolas de três. Sem marcar nos primeiros três minutos, o Limeira reagiu com cinco pontos seguidos do ex-rubro-negro David Jackson e fez o quarto ficar bastante equilibrado a partir de então. Matheus Dalla, campeão do Torneio de 3 Pontos no ano passado, repetiu o feito do campeão desta temporada do Jogo das Estrelas, com seus oito pontos e duas bolas de fora, e não deixou que a diferença no placar fosse significativa. No fim, vantagem de dois para os cariocas (23 a 21).

Com um time modificado, e Tony Washam, Shilton e Gegê em quadra, o Flamengo iniciou o segundo quarto forçando as jogadas e errando ataques. Todavia, o rival também não se encontrava, e Demétrius quebrava a cabeça no banco para conseguir descansar seus principais jogadores, já que só contava com três reservas. O reflexo disto foi a parcial baixa de 15 a 8 para os donos da casa, que só conseguiram imprimir um melhor ritmo no fim do quarto, quando abriram nove pontos de frente, após uma bola de três do armador Gegê (38 a 29). 

Sem jogo do Macaé neste meio de semana, quem esteve presente ao Tijuca para acompanhar o duelo foi o ala/armador Duda, irmão de Marcelinho. Acompanhado dos familiares, o jogador aproveitou para matar a saudade da torcida e dar uma espiadinha no ex-time, que será o próximo adversário do Alvianil.

Após um primeiro tempo discreto, com dois pontos e três assistências, Nico Laprovittola cresceu na metade inicial do período ao converter oito pontos. Ao lado de Marquinhos, com a mesma pontuação e 100% de aproveitamento nos tiros de quadra, e o pivô Jerome Meyinsse, com cinco rebotes, o argentino ajudou o líder do NBB a abrir 15 de frente (48 a 33). Porém, o time do interior paulista não se entregava e cortou a desvantagem para 11 pontos, depois de boas participações do ala Renato, que meteu cinco pontos seguidos no fim da parcial, e do americano David Jackson, sempre perigoso (61 a 50).

O último período começou com José Neto e Demétrius travando um duelo à parte à beira da quadra. A cada lance confuso, ambos reclamavam com os árbitros. O clima quente passou para dentro do jogo, que também pegou fogo com a reação do Limeira. Mesmo perdendo o pivô Wágner com cinco faltas, antes da metade final da partida, os paulistas encostaram no placar, por causa das boas apresentações de David Jackson e Matheus Dalla, que deixou a diferença em quatro pontos (66 a 62) ao acertar uma bola do perímetro.

Quando parecia que o confronto seria decidido nos minutos finais, uma sequência pró-Flamengo definiu o resultado. Tudo começou com uma bola de três de Marcelinho, continuou num ataque do Limeira, interrompido por um belo toco de Meyinsse, e completado por uma jogada de três pontos do pivô Cristiano Felício. A partir daí, o brioso clube do interior paulista se rendeu ao líder do campeonato, que chegou a sua quinta vitória consecutiva e está a uma de garantir, pelo menos, a quarta posição na temporada regular (81 a 71).

O líder da competição volta à quadra já nesta sábado, às 19h30m, diante do Macaé, fora de casa. O Limeira terá menos tempo para descansar. Na quinta-feira, a equipe do técnico Demétrius recebe o Basquete Cearense no ginásio Vô Lucato.
Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!