Conheça os rivais do Flamengo na segunda fase da Liga das Américas







O treinador José Neto analisou os rivais rubro-negros na luta por uma das duas vagas ao inédito Final Four, que poderá ter sua sede no Rio de Janeiro. O entrave para esta definição passa pela questão financeira, já que o clube da casa é quem deve arcar com todas as despesas das outras três agremiações.

Cocodrilos

Os venezuelanos serão os primeiros adversários do clube da Gávea. Na fase preliminar, cuja sede foi Neiva, na Colômbia, a equipe ficou na chave A, ao lado do Pinheiros, do colombiano Bambuqueros e do mexicano Toros. Mesmo com três partidas acirradas, a equipe conquistou três vitórias, obtendo a classificação na primeira posição. Seu destaque é o ala-armador americano, com passagem pela NBA, Andre Ermett, cestinha do torneio com média de 30.3 pontos por partida.

- Equipe forte, que saiu em primeiro lugar no grupo deles, que tinha o Pinheiros. Vem jogando muito bem, já tem oito vitórias em nove jogos no campeonato venezuelano, fez jogos duros contra o Capitanes de Arecibo em amistosos. A gente sabe que tem jogadores perigosos e com potencial ofensivo muito grande.

Destaques da 1ª fase:

Andre Emmett - 30.3 pontos
Luis Miguel Bethelmy - 8.0 rebotes
Jesus Humberto Centeno - 2.7 assistências

Jogos na 1ª fase:

Cocodrilos(Venezuela) 99 x 96 Pinheiros
Cocodrilos (Venezuela) 95 x 89 Bambuqueros (Colômbia)
Cocodrilos (Venezuela) 80 x 74 Toros (México)

Pinheiros Cocodrilos Liga das Américas (Foto: Divulgação / Fiba Américas)

Uberlândia

Segundo adversário dos cariocas, os mineiros caíram no grupo B, disputado na cidade de Montevidéu. A campanha teve duas vitórias (Leones de Ponce e Lanús) e uma derrota (Aguada), o que colocou os brasileiros na segunda posição. Porém, o time de João Batista vem enfrentado problemas com lesões. Robert Day, Léo Waszkiewicz e o americano Mc Kantz desfalcaram a equipe por algumas rodadas no NBB. O trio Valtinho, Robert Day e Cipolini é o ponto forte do vice-líder do NBB da temporada passada.

- Manteve a base da equipe que jogou a final do NBB contra o Flamengo na última temporada com jogadores que jogam juntos há um bom tempo. Experiente em competições internacionais e conhece bem a importância de cada jogo. Apesar de não estar muito regular neste NBB fez uma boa primeira fase perdendo apenas para equipe do Aguada do Uruguai, em uma partida um pouco conturbada e com várias paralisações. Tem um poderio ofensivo muito grande e joga muito bem coletivamente. Bons jogadores estrangeiros, e pivôs bastante versáteis.

Destaques da 1ª fase:

Lucas Cipolini - 16.3 pontos
Lucas Cipolini - 8.3 rebotes
Valtinho - 8.3 assistências

Jogos da 1ª fase:

Uberlândia 85 x 81 Leones de Ponce (Porto Rico)
Uberlândia 71 x 87 Aguada(Uruguai)
Uberlândia 71 x 63 Lanús (Argentina)

Cipolini, Uberlândia, basquete, Liga das Américas (Foto: Foto: Samuel Vélez/FIBA Américas)


Halcones de Xalapa

Último rival da equipe de José Neto, os mexicanos serão mais uma vez os anfitriões, assim como aconteceu na fase anterior, quando conquistam duas vitórias e uma derrota e terminaram na vice-liderança do grupo C, o mais disputado dos quatro e que tinha o tricampeão do NBB, Brasília. Mesmo atuando com o apoio da torcida, o Halcones foi atropelado pelo Regatas Corrientes na partida final por mais de 20 pontos. Tem o pivô Lorenzo Aguilar como o melhor reboteiro da competição, com 47 rebotes em três jogos.

- Joga em casa, é fortíssima equipe, tem a base da seleção mexicana, a comissão técnica desta seleção, que foi campeã da última Copa América, só derrotada na última rodada da primeira fase pelo Regatas Corrientes, em um jogo que não tinha tanto apelo. Eliminou o Brasília de seu grupo.

Destaques da 1ª fase: 
Michael Taylor - 13.3 pontos
Lorenzo Aguilar - 15.7 rebotes
Christian Dalmau - 4.0 assistências

Jogos da 1ª fase:
Halcones de Xalapa (México)

84 x 70 Marinos de Anzoaegui (Venezuela)
Halcones de Xalapa(México) 82 x 76 Brasília
Halcones de Xalapa (México) 63 x 84 Regatas Corrientes (Argentina)

Brasília x Halcones Xalapa pela Liga das Américas (Foto: Divulgação/Fiba Américas)

Fonte: Globo.com
Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!