Flamengo vence Pinheiros na estreia da fase decisiva da LDB






Gegê teve participação fundamental para o Flamengo superar o Pinheiros (Foto: Lucas Figueiredo/LNB)

Foi sofrido, mas o Flamengo estreou com a mão direita na fase final da Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB). Dono do melhor desempenho nas cinco etapas de classificação, o time comandado pelo técnico Paulo Chupeta derrotou o Pinheiros, de virada, por 74 a 70 (32 a 30), nesta quinta-feira, no ginásio Hélio Maurício, na Gávea, pelo grupo B. 

Com 20 pontos e 13 rebotes, o pivô Cristiano Felício foi o grande destaque da equipe rubro-negra. Gegê, com outros 17 pontos e oito assistências, e Chupeta, que contribuiu com 13 pontos, sete rebotes e quatro assistências, também se destacaram. Pelo lado do time paulista, Lucas, com 16 pontos, e Bruno Caboclo, com outros 15, foram os maiores pontuadores.

O JOGO

Reforçado por Gegê, Cristiano Felício, Diego, Chupeta e Douglas, todos que já atuam na equipe comandada por José Neto no NBB, o Flamengo não repetiu o mesmo desempenho da fase de classificação no primeiro quarto. Principalmente o armador Gegê, que não pontuou nos primeiros dez minutos. Douglas, com cinco pontos, e Cristiano Felício e Chupeta, cada um com quatro, foram os únicos que se salvaram.

Pelo lado da equipe paulista, Bruno Caboclo, com quatro pontos, e Lucas, com três, foram os maiores pontuadores. Mesmo sem nenhum destaque individual, o jogo coletivo do Pinheiros funcionou um pouco melhor, e os visitantes venceram o primeiro período por apenas um ponto de diferença (14  13).

O Flamengo voltou muito melhor no segundo quarto. Muito em função da subida de produção de Gegê, que anotou oito pontos e foi o principal responsável pela virada dos cariocas antes do intervalo. O time paulista só se manteve na cola da equipe rubro-negra porque Bruno Caboclo, com sete pontos no período, continuava bem na partida e terminou o primeiro tempo como cestinha, com 11 pontos. 

Os donos da casa não queriam fazer feio diante de sua torcida e voltaram mais ligados no segundo tempo. Liderado por Cristiano Felício e Gegê, que juntos já haviam anotado 24 pontos, o Flamengo chegou a abrir cinco pontos de vantagem, mas terminou o terceiro quarto vencendo por apenas três (48 a 45).

O começo do quarto período do Flamengo foi arrasador. Com uma corrida de 8 a 2, os donos da casa fizeram 56 a 47 e abriram uma vantagem de nove pontos, a maior da partida. Os visitantes até esboçaram uma reação e diminuíram a diferença para apenas três pontos, mas ficou nisso. Liderada por Gegê, Felício e Chupeta, a equipe rubro-negra abriu dez pontos a pouco mais de dois minutos do fim do jogo e só teve o trabalho de administrar o resultado.

Na outra partida do grupo B, o atual campeão Bauru também encontrou dificuldades para passar pelo São José por 76 a 68. Ricardo Fischer, com 19 pontos, dez rebotes e seis assistências, Gustavo Scaglia, que anotou 17 pontos, e Gui Deodato, que contribuiu com outros 15 pontos e sete rebotes, foram os destaques dos atuais campeões. Apesar da derrota, Victor Correa, com 22 pontos, e Gustavo, com 20, foram os maiores pontuadores de São José e da partida.

Resultados do grupo C:

Basquete Cearense 48 x 78 Brasília
Minas Tênis 81 x 54 Ginástico
Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!