Flamengo tira invencibilidade do Limeira e se recupera no NBB






http://s2.glbimg.com/DbHmQNZiKtITzMuDCI4wQAGAtkc=/620x390/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2013/06/24/basq-flamengo-sub21-ldb-6.jpg

Atual campeão do NBB, o Flamengo não se abalou pelo fato de enfrentar o até então invicto Limeira longe de seus domínios e conquistou um importante resultado na rodada desta quinta-feira da competição. Contando com boa atuação do trio Gegê, Olivinha e Meyinsse e a má pontaria dos adversários, o time carioca fez 88 a 67 e acabou com a série de vitórias do rival do interior paulista.

Após um início equilibrado, o Flamengo passou a abrir vantagem e fechou o primeiro quarto vencendo por 24 a 18. Tendo facilidade para neutralizar os ataques dos donos da casa, o Rubro-Negro aumentou a diferença para 12 pontos e foi para o intervalo vencendo por 49 a 37.

Mesmo disposto a recuperar-se na partida, o Limeira encontrou outro adversário duro em quadra: o aro. Quando conseguia passar pela forte marcação do Flamengo, o time da casa via seus arremessos cismarem em não entrar.

Aproveitando o evidente nervosismo do rival, a equipe carioca seguiu ampliando a diferença e fechou o terceiro quarto em 70 a 51. Abatido, o Limeira pouco ameaçou no período final. Sem maiores problemas, o Rubro-Negro confirmou a vitória por 88 a 67.O cestinha da partida foi o pivô norte-americano Meyinsse, com 19 pontos, um a mais que Olivinha, que anotou duplo-duplo de 18 pontos e 16 rebotes. Principal responsável pelo forte ritmo da equipe em quadra, Gegê contribuiu com 11 pontos e quatro assistências. Pelo Limeira, Fiorotto se destacou marcando 13 pontos e pegando seis rebotes.

Com o resultado, o Flamengo se recupera de derrota para o São José e chega à sétima vitória em dez partidas. Com 70% de aproveitamento, o atual campeão iguala a campanha do Pinheiros e já é o segundo colocado do nacional. Já o Limeira conhece sua primeira derrota em nove compromissos e cai para 94,5%, mas segue isolado na ponta do NBB.

Quem também divide a vice-liderança com Flamengo e Pinheiros é o Paulistano. Nesta quinta, a equipe contou com boa atuação de Pilar para bater o Brasília por 96 a 74 - o ala/pivô anotou 23 pontos, 12 a menos que o rival Nezinho, cestinha do jogo e destaque isolado do time da capital nacional.

Enquanto o Paulistano soma sete vitórias em dez partidas, o maior campeão do NBB ainda não se encontrou nesta edição da competição. Em dez compromissos, o Brasília só saiu de quadra vencedor em quatro, desempenho que o deixa na modesta 11ª colocação da tabela.

Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!