Palmeiras e Flamengo fazem jogo de alto risco no NBB






Rivais no futebol, Palmeiras e Flamengo se enfrentam nesta quinat-feira, às 20h (de Brasília), pela terceira rodada do NBB em uma partida considerada de alto risco em termos de segurança. O palco da disputa será o Ginásio Palestra Itália, na sede do Verdão, em São Paulo.

O histórico de violência entre as torcidas organizadas das duas agremiações é algo que preocupa até mesmo a Liga Nacional de Basquete (LNB), responsável pela organização do campeonato. Por isso mesmo, a diretoria do Alviverde reforçará o efetivo para garantir a tranquilidade dos espectadores que devem lotar o acanhado ginásio na capital paulista, cuja capacidade é de apenas 1.500 pessoas.

Em partidas consideradas de baixo risco, trabalham no clube de seis a oito seguranças e o mesmo número de policiais militares. Para o duelo de hoje, serão cerca de 30 os responsáveis por manter a ordem e evitar conflitos. A torcida flamenguista terá um acesso exclusivo para que não haja encontro com os palmeirenses. Cerca de 300 ingressos (adquiridos na troca de 1kg de alimento não perecível) serão reservados aos rubro-negros, que costumam comparecer em bom número em jogos de basquete.

No último NBB, o primeiro em que os dois times participaram juntos, nenhuma das duas partidas ocorreu no Palestra Itália.

No primeiro turno, com mando do Verdão, o duelo ocorreu em Mogi das Cruzes. Houve troca de provocações e ameaças entre os torcedores. Na volta, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, não houve confusão. Porém, eram poucos os palmeirenses presentes no Rio.

– Acredito que não teremos problemas, mas tem de se precaver. Por ser um jogo de duas equipes de camisa no futebol, é preciso um cuidado extra – disse Lucas Moura Costa, coordenador de basquete do Palmeiras


Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!