Marcelinho fala como é dificil jogar contra o irmão






Duda e Marcelinho basquete Flamengo x Macaé (Foto: Fabio Leme)

Após jogarem sete anos lado a lado vestindo a camisa do Flamengo, os irmãos Marcelinho e Duda Machado se reencontraram em times opostos. Enquanto o mais velho permanece no seu clube de coração, o caçula se transferiu para defender o Macaé. E o desfecho não poderia ter sido melhor para o camisa 4 rubro-negro. A vitória de seu time por 72 a 67 e, de quebra, com uma boa atuação do camisa 10 macaense, cestinha do duelo com 22 pontos, fizeram o ala exibir um semblante de alegria em forma duplicada.

- É difícil jogar contra um irmão assim, mas, no fundo, o que queremos ver são os nossos amigos e familiares bem. Ele mostrou que está muito bem e fez um grande jogo. Aconteceu tudo dentro do possível, que ele jogasse bem e o Flamengo ganhasse. Fico feliz de vê-lo bem. É um grande profissional. Vou sempre torcer por ele, onde ele estiver. Mas é lógico que quando jogar contra o meu time, vou querer vencer - afirmou Marcelinho.

Durante a partida, os irmãos se encontraram por algumas vezes. Mas o momento que mais chamou atenção ocorreu no primeiro quarto, quando Duda recuperou uma bola e partiu para a cravada sob o olhar de Marcelinho, que o acompanhava. Ao ver o irmão próximo, Duda segurou no aro por alguns segundos a mais do que o normal, e quando retornou ao solo deu um sorriso de canto de boca, na cara de seu irmão, em claro sinal de provocação.

- Na minha cara não (Duda sorri). Ele roubou a bola de outro jogador e eu corri atrás dele. Mas o esporte é para isso também. A gente sabe que existe rivalidade, esse confronto, jogos como esse, mas no fundo é um esporte, a gente se diverte fazendo o que gostamos, e ele deu essa risada porque estava se divertindo naquele momento - explicou Marcelinho, que deu o troco no segundo quarto, após converter três pontos mesmo com a marcação de Duda.

Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!