Flamengo se retira do Torneio Carioca após caso de agressão a pivô







Douglas Correa, Flamengo (Foto: Divulgação/NBB)

O Flamengo não vai mais entrar em quadra pelo Torneio Carioca. O motivo é o incidente ocorrido durante a partida contra o Macaé na noite de quarta-feira, no Ginásio Hélio Maurício, na Gávea, em que o pivô rubro-negro Douglas Correa foi agredido por Atílio, jogador do time adversário. Após uma confusão generalizada em quadra, o caso foi parar na 14ª Delegacia de Polícia, no Leblon. O Flamengo, que jogava o torneio com o elenco sub-22, ainda vai oficializar a decisão.

A assessoria de imprensa da 14ª DP confirmou que foi registrado o caso de agressão envolvendo dois atletas durante o jogo na Gávea. Douglas e Atílio entraram como autores/vítimas da agressão e o caso foi encaminhado para o Juizado Especial Criminal (Jecrim).

Na confusão, Douglas acabou no chão, desacordado, e teve que ser levado para o hospital, desorientado. Ele teria sido acertado pelas costas, e perdeu um dente, mas o jogador não se lembra do soco levado por Atílio. O atleta do Macaé, por sua vez, de acordo com a assessoria de imprensa do time, teria levado uma cotovelada, e machucou a boca e a mão.

- Na delegacia, ele me pediu desculpas e falou que estava de cabeça quente. Mas preferi não dirigir a palavra a ele. Estava cansado e desgastado. Todo mundo estava preocupado porque não conseguia lembrar de nada. Nem as pessoas me falando, forçando a memória. Hoje vi uma foto minha caído e mesmo assim não volta nada - disse o atleta do Flamengo.

O Macaé se manifestou através do coordenador de basquete, Rodrigo Stefanelli. Ele criticou duramente a postura da arbitragem comandada pela dupla Eduardo Augusto e Renato Gonçalves, que teria se omitido no momento em que o jogo ficou mais pegado.

- Eu quero abrir um parêntese e dizer que a arbitragem tem muita culpa disso. Quem estava lá viu que o árbitro deveria ter tomado uma atitude em um lance anterior e não o fez. Ele não teve reação, se omitiu. Depois que a confusão começou, a arbitragem sumiu. Eu digo isso porque os procurei, mas não os encontrei. É difícil julgar o Atílio por um lance sem entender a atitude que veio antes - ressaltou Rodrigo Stefanelli, coordenador do Macaé Basquete.

Confusão Gávea flamengo macaé basquete (Foto: Reprodução/Youtube)
Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!