Marcelinho já sente a falta de Caio Torres







final basquete NBB Flamengo e uberlândia Marcelinho troféu (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

Tricampeão pan-americano pela seleção brasileira, dono de quatro títulos brasileiros e sete cariocas, Marcelinho Machado escreveu seu nome na história do basquete verde-amarelo. Com passagens por clubes de Brasil, Itália, Espanha e Lituânia, o ala-armador viveu um momento especial em sua carreira na última temporada. Mesmo sem atuar pelo Flamengo por conta de uma lesão, viu o time conquistar o bicampeonato do NBB - o primeiro título foi em 2009, na edição que inaugurou a liga. Satisfeito com a campanha rubro-negra, o jogador comemorou a permanência de Marquinhos e Benite, mas lamentou a saída de Caio Torres, recém-contratado pelo São José. Sem medir elogios, Marcelinho ressaltou a "conduta impecável" do pivô, eleito o melhor jogador da final contra o Uberlândia, com um ar nostálgico.

- Eu torço muito pelo Caio, é uma grande pessoa, merece todo o nosso carinho e respeito. A gente brinca que ele só tem tamanho, é uma dama de uma conduta impecável, um cara que realmente vai deixar saudades para a torcida e nós,  jogadores, companheiros e amigos. Nós temos uma profissão e cada um segue o caminho que acha melhor. Vou torcer para que ele fique sempre em segundo, já que a nossa expectativa é sempre ganhar o campeonato. Mas, brincadeiras à parte, espero que ele seja muito feliz - declarou Marcelinho.


Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!