Flamengo vence Brasília com massacre no 2º quarto







Depois de estrear na Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB) vencendo o São José, o Flamengo conquistou a sua segunda vitória no Subgrupo A1 da competição nesta terça-feira, ao bater o Brasília 63 a 35, na Arena Paraíso, em São Sebastião do Paraíso (MG). O Rubro-Negro usou pela primeira vez o seu novo uniforme número 2, todo branco, produzido pela Adidas. Com 14 pontos, o flamenguista Douglas foi o cestinha da partida em que o Fla conseguiu a incrível parcial de 21 a 2 no segundo quarto.

- Conseguimos o nosso objetivo, que era sair com a segunda vitória. Estamos com uma equipe renovada e temos que dar confiança para a garotada. Fizemos um primeiro quarto com uma defesa muito boa, mas com pouca inspiração no ataque. Mudei um pouco o time para o segundo quarto, e a produção melhorou. A vantagem aumentou, e aos poucos fomos imprimindo nosso ritmo de jogo - disse o técnico do time da Gávea, Paulo Chupeta.

Flamengo Brasília LDB (Foto: Divulgação/LDB)

O jogo começou equilibrado e, principalmente, amarrado. O primeiro quarto acabou com um modesto 6 a 6 - o rubro-negro Chupeta ainda errou uma tentativa para três pontos no último arremesso do período.

O segundo quarto foi completamente diferente. Melhor para o Flamengo. Com duas cestas de  três de Léo, o time do Rio abriu 13 a 7, o que fez o Brasília se perder em quadra. A três minutos do fim, o Rubro-Negro fez 21 a 8 com um arremesso de dois pontos de Gabriel, obrigando o técnico brasiliense a parar a partida.

Flamengo Brasília LDB (Foto: Divulgação/LDB)

A bronca pouco mudou o panorama da partida. Dominando com facilidade, o time candango foi para o intervalo perdendo por 27 a 8, com o incrível placar de 21 a 2 no segundo quarto. Com sete pontos marcados, Gabriel encerrou o primeiro tempo como o maior pontuador do jogo.

O terceiro quarto começou com uma cesta de dois de Chupeta. Aos dois minutos, o Brasília voltou a pontuar na partida, graças a um arremesso certeiro de Tchielo. Contudo, o placar já apontava 31 a 11 para o Flamengo, que continuou administrando a partida com extrema facilidade. A quatro minutos do fim, Douglas converteu dois lances livres, fazendo 39 a 16.  A equipe da Gávea terminou o período com a larga vantagem de 46 a 23.

No último quarto, o técnico Paulo Chupeta resolveu promover algumas alterações na sua equipe, para dar ritmo de jogo a alguns reservas. Saíram Gigante, Chupeta e Douglas para as entradas de Jefferson, Diego e Yago. Aos quatro minutos, Jefferson mostrou ao que veio, acertando um chute de três: 52 a 28.  Na sequência, Yago também fez a sua parte, anotando mais dois para o time do Rio, que passou a cadenciar o ritmo nos minutos finais.

A dois minutos do fim, Paulo tentou reduzir o vexame do Brasília, pontuando e pegando dois rebotes defensivos seguidos. Mesmo com mais presença de quadra nos últimos instantes da partida, o time candango acabou sofrendo a última cesta do jogo, pouco antes do estouro do tempo. O autor foi Gabriel, que converteu belo chute de três, fechando o marcador em 63 a 35.

Outros resultados desta terça-feira:

Vitória 70 x 66 Náutico
Pinheiros 67 x 69 Basquete Cearense
Paulistano 71 x 78 Sport
São José 71 x 59 Tijuca

Classificação do Subgrupo A1 após duas rodadas:

1º Sport, Basquete Cearense e Flamengo - 4 pontos (2 vitórias) 
4º Pinheiros, São José, Paulistano e Vitória - 3 pontos (1 vitória e 1 derrota)
8º Brasília, Tijuca e Náutico - 2 pontos (2 derrotas)

Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!