Marcelinho pede que torcida do Fla dê show na Arena







Um dia depois da confusão com Fúlvio, da briga entre as equipes de São José e Flamengo no ginásio Lineu de Moura, Marcelinho Machado voltou a criticar a postura profissional do armador do time paulista. Mas foi além disso. Com a cabeça fria, resolveu deixar um recado para a torcida rubro-negra, que irá à Arena da Barra, nesta sexta-feira, para o jogo que definirá o adversário do Uberlândia na final do NBB. O confronto será às 21h45m.

- Espero que esse clima não venha para o jogo daqui. Basquete tem que ser jogado na bola. É claro que clima de rivalidade faz parte de um jogo decisivo de playoff, mas briga ninguém quer. Espero que a torcida dê show e não arranje confusão - disse.

Na quinta-feira, já com o cronômetro zerado, o capitão do Flamengo foi tomar satisfações com Fúlvio no centro da quadra. Os dois ficaram testa a testa, até que Fúlvio projetou o seu corpo para trás. O armador diz que o ala tentou agredi-lo. Marcelinho nega. A cena foi o estopim para que a troca de palavrões, empurrões, socos e provocações tomassem conta da quadra.

basquete confusão São José x Flamengo (Foto: João Gabriel Rodrigues)Confusão marca jogo 4 entre São José e Flamengo (Foto: João Gabriel Rodrigues)

- Ali ninguém tinha o intuito de brigar. Mas não acho normal a postura dele de menosprezar o adversário quando ganha. Nós não fizemos isso nas duas vezes que ganhamos na Arena e nem quando perdemos a primeira lá. São José é um grande time. Fúlvio falar que existe uma estratégia para querer desestabilizá-lo é demais. Isso não existe. Ele é tão importante para São José como Murilo, Laws e Dedé. Como capitão falei que ele tinha que saber ganhar e perder. Nunca tive problema com Fúlvio, mas fui cobrar uma postura profissional.

De acordo com Fabrício Dazzi, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) do basquete, caso a súmula da partida chegue a tempo de ser analisada, punições poderão acontecer - o que colocaria em risco a participação de alguns jogadores do futuro time finalista na decisão da competição, dia 1º de junho, contra o Uberlândia. Segundo Dazzi, não há tempo de um julgamento até a próxima semana - desta forma, nenhum atleta de Flamengo ou São José corre risco de ser suspenso do jogo 5 da semifinal.

Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!