Como foi o jogo Pinheiro x Flamengo pelo NBB 5







Assim como já havia acontecido no confronto entre as equipes na Liga das Américas, o Pinheiros começou o jogo muito bem e chegou a abrir 12 a 3. Mas o Flamengo se recuperou ainda no primeiro quarto e, em arremesso de três de Duda, virou para 17 a 15 a 52s do fim da parcial. Rafael Mineiro até voltou a empatar o duelo, mas Olivinha fez uma cesta com 4s no relógio para deixar os cariocas na frente ao fim do primeiro período: 19 a 17.

O segundo quarto foi bastante equilibrado, com as duas equipes disputando cesta a cesta, mas o Pinheiros passou a errar muito, e o Flamengo aproveitou para abrir nove pontos de distância (39 a 30) em uma cesta de três de Olivinha. A equipe da casa, porém, conseguiu cinco pontos seguidos para diminuir a diferença no fim do primeiro tempo (39 a 35).

O Flamengo voltou com ritmo forte para a segunda etapa e voltou voltando a abrir nove pontos de vantagem (48 a 39). O Pinheiros lutou e chegou a diminuir a distância para três com uma sequência de 10 a 3 (52 a 49), mas Duda acertou quatro bolas de três consecutivas e ainda um lance livre para fazer 67 a 53 para o time rubro-negro. Os paulistas, porém, conseguiram se manter vivos para o último quarto colocando a diferença em oito pontos: 69 a 61 para os visitantes.

basquete Pinheiros e Flamengo NBB (Foto: Ícaro Limaverde / Divulgação)

O duelo seguia equilibrado, mas a saída de Duda fez o Flamengo desandar. Os cariocas venciam por 79 a 69 quando ele deixou a quadra e chegaram a ampliar a distância para 12 pontos, mas o Pinheiros reagiu nas bolas de três. Foram quatro arremessos de longe que ajudaram a equipe de São Paulo a virar o jogo. Quando Duda voltou, o time mandante ganhava por 83 a 81 e chegou a ampliar para 87 a 82 graças a uma sequência de 18 a 1.

Nos minutos finais, Duda voltou a ser fundamental para os rubro-negros. Ele converteu sete lances livres seguidos e contou com dois lances livres errados de Shamell para empatar o jogo novamente, em 91 a 91. Mas o americano do Pinheiros escapou de ser vilão para ser herói. Com 2s no relógio, ele acertou o arremesso para colocar os paulistas na frente (93 a 91). Kojo ainda fez uma última tentativa, mas errou a bola de três e não conseguiu evitar o triunfo da equipe da casa.


Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!