Oscar Schmidt no Flamengo






Oscar Daniel Bezerra Schmidt (Natal, 16 de fevereiro de 1958) é um ex-jogador brasileiro de basquete, sendo recordista mundial de pontos nesse esporte, com 49.737 pontos ao longo da carreira e foi incluido no livro dos 100 melhores jogadores de basquete da história por Alex Sachare.

O Mão Santa, assim conhecido pela sua precisão com as mãos, também é junto com Teófilo da Cruz e Andrew Gaze, um dos 3 jogadores de basquete a terem disputados 5 olimpiadas, sendo cestinha em 3 delas e marcando ao todo nas 5, 1.093 pontos. Em sua carreira gloriosa teve sua camisa aposentada em 4 clubes diferentes, a número 14 do Unidade de Brasilia, a 18 de Caserta na Itália, a 11 de Pavia na Itália e a número 14 do Flamengo.

Oscar também se dedicou em 2005 à condução do recém criado ,na época, campeonato da Nossa Liga de Basquete, em contraposição ao campeonato organizado pela CBB, por divergências com o seu presidente Gerasime Bozikis, o "Grego", acerca da competição.

Chegou ao clube em 1999, e ficou encantado com a torcida, mais tarde assumiu ser Flamenguista. Atuando pelo Flamengo, Oscar marcou 7.241 pontos em 219 jogos, tendo uma média de 33 pontos por partida. Conquistou 2 Campeonatos cariocas, foi vice em outro e vice em um brasileiro. Foi cestinha do Campeonato carioca de 1999 à 2002 e do Campeonato brasileiro de 2000 à 2003. Foi o jogador que mais pontos marcou num jogo do campeonato nacional de clubes (57) e num jogo da Liga Sul Americana de clubes (46). Ainda no clube, alcançou a marca de 500 pontos atuando pelo Flamengo em um Fla-Flu e na mesma partida chegou a marca de 43.000 pontos. Em 2003 se tornou sócio proprietário e honorário do clube. Antes de se aposentar também nesse ano, realizou seu sonho de jogar junto com o seu filho Felipe Schmidt no Flamengo, e em sua despedida disse a seguinte frase: "O único arrependimento que tenho na vida, foi não ter vestido este manto sagrado antes."

Estatísticas

Jogos Pontos Média de Pontos
219 7.241 33.1
Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!