José Neto admite erros, mas 'comemora' pontos de Shilton







Muita gente pode não ter notado, mas apesar da incontestável derrota para Brasília na quinta-feira, pela 25ª rodada da primeira fase do NBB, a comissão técnica e os jogadores do Flamengo comemoraram os dois lances-livres convertidos pelo pivô Shilton já com o crônometro zerado. Isso porque como a vitória do time carioca sobre o rival, no Rio de Janeiro, foi por 14 pontos de diferença, em caso de as duas equipes terminarem empatadas no primeiro lugar com o mesmo número de derrotas, os rubro-negros terão a vantagem do mando de quadra pelo saldo de pontos no confronto direto entre elas.

Basquete NBB - Brasília x Flamengo (Foto: João Pires/LNB)

Claro que após a irregular atuação do Flamengo no Distrito Federal não havia motivos para comemoração, mas o técnico José Neto foi sincero ao deixar a quadra e não escondeu que perder por uma diferença inferior a 14 pontos era importante em caso de uma derrota.

- Claro que nosso único objetivo contra o Brasília era vencer, como tem sido em todos os jogos, mas sabíamos que perder por menos de 14 pontos poderá fazer a diferença lá na frente. Essa era a segunda coisa que a gente pensava - afirmou o treinador rubro-negro.

Ciente da importância do clássico e, principalmente, da qualidade do adversário, José Neto reconhece que errar como o Flamengo errou diante dos atuais tricampeões nacionais é mortal.

- O Brasília é um time forte fisicamente e que se aproveita muito bem dos contra-ataques. Tivemos alguns apagões durante o jogo, e errar muito contra uma equipe como a deles é fatal. É claro que o ambiente do jogo acaba proporcionando alguns erros e eles souberam se aproveitar bem disso para passar a frente e vencer - analisou o treinador do Flamengo.


Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!