Com show de Benite, Flamengo vence e avança na Liga das Américas







Como a classificação para a próxima fase da Liga das Américas não corria maiores riscos, o técnico José Neto preferiu poupar o armador Kojo,com dores no joelho, diante do Estrellas Occidentales, pela terceira e última rodada da fase preliminar do grupo B. A ausência do americano, porém, quase não foi notada em razão da superioridade rubro-negra e, principalmente, da excelente atuação de Benite. Com 27 pontos e 11 assistências, o camisa 8 rubro-negro conseguiu um duplo-duplo e foi o grande destaque da vitória sobre os donos da casa por 121 a 76, neste domingo, em Barquisimeto, na Venezuela.

basquete marquinhos flamengo e Estrellas Occidentales liga das américas (Foto: Samuel Vélez / FIBA Américas )

Com dois triunfos em três jogos, a equipe carioca avançou em segundo da chave, vencida pelo Brasília, que atropelou o Fuerza Regia, do México, por 110 a 67, na preliminar.

Além de Benite, Shilton, que também anotou um duplo-duplo com 12 pontos e 11 rebotes; Marquinhos, com 20 pontos e sete assistências, Duda, com 22 pontos e quatro assistências, e o paraguaio Bruno Zanotti, que contribuiu com 13 pontos, também se destacaram na vitória rubro-negra.

Mesmo sem seu armador titular, o Flamengo começou o jogo a 110km/h. Com um ataque avassalador e uma defesa agressiva, o time comandado pelo técnico José Neto sofreu apenas 12 pontos nos primeiros dez minutos e abusou dos contra-ataques para vencer os primeiros dez minutos por 27 a 12. O panorama não mudou no segundo período. Liderado pelo armador Benite, que anotou 16 pontos, sete assistências e quatro rebotes no primeiro tempo, a equipe rubro-negra não tirou o pé do acelerador e ampliou sua vantagem para 63 a 35 após 20 minutos de partida.

Com Duda e Bruno Zanotti entre os titulares, o Flamengo voltou do intervalo com o mesmo gás dos dois períodos anteriores. Com fome de bola, a dupla liderou a vitória parcial da equipe rubro-negra por 26 a 18, ampliando a diferença no marcador por 89 a 53. Com a vitória encaminhada, o último período foi uam espécie de treino de luxo.

Com o pivô Shilton, recuperado de uma fratura na mão esquerda, e os jovens Feliz e Douglas em quadra, o Flamengo só teve o trabalho administrar a vantagem para vencer.


Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!