Técnico do Flamengo não esperava vencer 10 jogos seguidos!







Dez vitórias em dez rodadas do NBB 2012/2013. A marca histórica e expressiva foi conquistada neste sábado pelo Flamengo após a vitória sobre o Limeira por 98 a 83. Comandante rubro-negro, o técnico José Neto mostrou sinceridade ao afirmar que já esperava um começo de temporada arrasador. Só a invencibilidade a essa altura da competição é que não estava nos planos do assistente técnico de Ruben Magnano na seleção brasileira.

- Não estou surpreso porque fizemos um trabalho forte na pré-temporada com esse objetivo. Nossa expectativa era começar bem. Só não esperava vencer todos os jogos. Afinal, estamos falando de uma competição extremamente equilibrada – afirmou Neto.

Apesar da liderança isolada e do recorde estabelecido, o treinador rubro-negro não teme que a equipe se acomode nas próximas rodadas.

Olivinha basquete Flamengo x Limeira (Foto: Alexandre Vidal / Fla imagem)

- Isso não me preocupa porque esse grupo já mostrou profissionalismo e uma maturidade muito grande. Os jogadores sabem que essas vitórias não serão suficientes para nos garantir o título, mas nos deixarão cada vez mais próximos de garantir o mando de quadra nos playoffs – alertou o comandante rubro-negro.

Nem mesmo a possibilidade de não contar mais com o capitão Marcelinho no restante do NBB parece preocupar Neto. Apesar de ainda ter esperanças de ter seu principal jogador na reta final da competição, o treinador garante que o espírito coletivo que tem levado o Flamengo às vitórias tem sido a característica da equipe muito antes de o camisa 4 se machucar.

- O time vem jogando dessa forma quando o Marcelinho ainda estava com a gente. Claro que esperamos que ele volte logo, mas sabemos que corremos o risco de não tê-lo nos playoffs. Por isso, nosso pacto é chegar o mais longe possível para que ele tenha tempo de nos ajudar – completou.


Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!