Flamengo vence Limeira e aumenta marca histórica







Olivinha basquete Flamengo x Limeira (Foto: Alexandre Vidal / Fla imagem)

A marca de melhor início de temporada do NBB de nove vitórias consecutivas estabelecida na última quinta-feira, diante do Joinville, parece não ter saciado o desejo de vitórias dos jogadores do Flamengo. O líder do campeonato queria mais, e a décima vitória veio neste sábado, em grande estilo. Diante de um ginásio do Tijuca completamente lotado, a equipe rubro-negra pisou no acelerador e atropelou o Limeira por 98 a 83, pela 14ª rodada. Com mais um resultado positivo, a equipe carioca aumentou o recorde histórico para dez triunfos seguidos e se manteve na liderança isolada da competição, como única com 100% de aproveitamento.

Com 23 pontos, Benite foi o destaque da partida no Tijuca Tênis Clube. Marquinhos, com 20, Caio Torres, com 16, e Olivinha, com 15, também se destacaram. Pelo lado do Limeira, os maiores pontuadores foram Diego, com 24 tentos anotados, e o americano Carter com 14.

A equipe rubro-negra volta à quadra nesta segunda-feira contra o São José, às 20h, em partida válida pela terceira rodada. Já o time paulista viaja até Santa Catarina para enfrentar o Joinville, na quinta-feira, às 20h, pela 15ª rodada.

O Limeira deve estar até agora tentando entender o que aconteceu nos primeiros dez minutos.  O Flamengo entrou em quadra como um furação. Voando baixo, os donos da casa encurralaram a equipe paulista desde o início e não deram qualquer chance para o adversário. Com um aproveitamento quase perfeito nos arremessos de quadra e uma defesa que não deixava os jogadores paulistas respirarem, o time rubro-negro venceu o primeiro quarto por 22 a 8.

O Limeira até voltou melhor no período seguinte e diminuiu a diferença para 22 a 13 logo no primeiro minuto. Mas o time comandado por José Neto continuava a todo vapor. Com Gegê, Shilton e Duda nos lugares de Kojo, Caio Torres e Marquinhos, respectivamente, a correria continuou a mesma dos primeiros dez minutos. Só que a pontaria rubro-negra, aos poucos, foi ficando descalibrada. A equipe paulista se aproveitou e diminuiu a diferença para apenas seis pontos.

O técnico José Neto não pensou duas vezes, pediu tempo e recolocou Marquinhos e Caio Torres em quadra. As mudanças deram certo e os donos da casa frearam a reação de Limeira. No fim, a diferença de apenas oito pontos (36 a 28) para o líder do campeonato ficou de bom tamanho para a equipe paulista.

Num repeteco do primeiro tempo, o Flamengo voltou do vestiário disposto a matar o jogo. E a tática do técnico José Neto deu certo. Com menos três minutos de bola em jogo, o Flamengo fez 11 a 2 e a diferença que era de apenas oito pontos aumentou para 17 (47 a 30). O técnico Demétrius parou o jogo, mexeu no time, mas de nada adiantou. O Flamengo não deixava o Limeira respirar e a vantagem chegou a ser de 22 pontos. Mas bastou os donos da casa tirarem o pé do acelerador para Limeira acerta a pontaria nas bolas de três pontos e diminuir a diferença para 14 ao final do terceiro período.

A reação de Limeira não parou por aí. A equipe voltou para o último período disposto a tudo para acabar com a invencibilidade do Flamengo. A diferença chegou a cair para nove pontos e a partida ganhou em emoção. Mas duas bolas desperdiçadas de maneira infantil pelo time paulista permitiu que a diferença subisse para 13 pontos. Limeira não se entregou e lutou até o fim, mas o time rubro-negro mostrou maturidade para jogar com a vantagem debaixo do braço e ampliar para dez vitórias consecutivas a marca de melhor início de temporada.


Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!