Eduardo Bandeira de Mello fala sobre o basquete do Flamengo






Flamengo basquete contra o Paulistano NBB (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)

Presente no ginásio do Tijuca Tênis Clube para acompanhar a vitória do Flamengo sobre o Paulistano, nesta quinta-feira, pelo NBB, o presidente do clube Eduardo Bandeira de Mello demonstrou entusiasmo com o excelente momento do Rubro-Negro, que soma 15 vitórias em 15 jogos na temporada 2012/13. O mandatário afirmou que a equipe de basquete deve servir de espelho para o futebol, considerado o carro-chefe do clube.

- A gente quer que o futebol seja tão poderoso como o basquete está demonstrando que é. Realmente a campanha está fantástica, superando todas as expectativas e a torcida comprou a ideia desse esporte, tanto é que temos jogado sempre com ginásio cheio, o que motiva os jogadores - comentou.

Sobre a partida contra o Paulistano, Bandeira elogiou a garra da equipe, que buscou a vitória mesmo após a expulsão do técnico José Neto, desqualificado depois de cometer duas faltas técnicas.

- Toda equipe tem que estar preparada para adversidades. O treinador teve que sair e o time respondeu à altura sem ele. Estão de parabéns - disse.

Sobre o primeiro mês à frente do clube, o presidente reconheceu que o Flamengo vive um momento complicado. Com muitas dívidas e instabilidade no departamento de futebol, a diretoria tem tido dificuldades para montar um elenco competitivo.

- Estamos passando por uma série de dificuldades, que vocês estão acompanhando, mas quem tem 40 milhões de torcedores não pode ter medo dessas adversidades. Vamos passar por cima disso tudo com muito trabalho - finalizou.

O próximo desafio do time comandado por José Neto será o Pinheiros, neste sábado, às 18h, novamente no Tijuca Tênis Clube. Na segunda-feira, a equipe vai até Uberlândia enfrentar os donos da casa, em partida adiada pela quinta rodada. O jogo fecha a participação do Flamengo no primeiro turno da competição.


Compartilhe no Google +

About Primeiro Penta

Flamengo até depois de morrer, eu sou!
    Comentários no Blogger
    Comentários no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Temos o direito de publicar ou não os comentários, já que, segundo a legislação brasileira, somos responsáveis por eles. Assim sendo, a educação é primordial nesse espaço. Comentários ofensivos não serão, obviamente, aprovados.
Comente sempre!